Medicamentos: Bula Pradaxa

Laboratório: Boehringer Ingelheim Do Brasil Química E Farmacêutica Ltda.

O que é Pradaxa

medicamento? O que devo saber antes de usar este medicamento?

Antes de tomar Pradaxa

usar este medicamento? O que devo fazer quando eu me esquecer de usar este medicamento? Quais os males que este medicamento pode me causar? O que fazer se alguém usar uma quantidade maior do que a indicada deste medicamento? VP Cápsulas 75mg, 110mg e 150mg 10458 - MEDICAMENTO 11/04/2013 NOVO - Inclusão Inicial de Texto de Bula RDC 60/12 0409488/13-3 10451 - MEDICAMENTO NOVO - Notificação de Alteração de Texto de Bula RDC 60/12 -- Data de aprovação Dados das alterações de bulas

Como tomar Pradaxa

medicamento pode me causar? VP Cápsulas 75mg, 110mg e 150mg 31/01/2014

Possíveis reações adversas Pradaxa

Na prevenção do acidente vascular cerebral, embolia sistêmica e redução do risco de morte em pacientes com fibrilação atrial: Reações comuns: anemia; hemorragias (sangramentos) nasal (epistaxe), gastrintestinal (digestivo), urogenital (urinário ou dos genitais) e cutânea (na pele); dor abdominal (na barriga), diarreia, dispepsia (indigestão), náusea (enjoo). Reações incomuns: trombocitopenia (redução do número de plaquetas); hipersensibilidade (alergia), prurido (coceira), rash (erupções e vermelhidão na pele); hemorragias (sangramentos), incluindo intracraniana (dentro da cabeça), hematoma (acúmulo de sangue); hemoptise (escarro com sangue); disfagia (dificuldade para engolir), úlcera gastrointestinal e esofágica, gastroesofagite (inflamação do estômago e/ou do esôfago), doença do refluxo gastroesofágico (subida de conteúdo do estômago para o esôfago), vômitos, função hepática anormal (alteração de exames laboratoriais do fígado). Reações raras: urticária (coceira e vermelhidão); angioedema (inchaço ou edema de pele e mucosa); hemartrose (sangue nas articulações ou juntas); hemorragia (sangramento) no local de injeção/cateter/incisão, hemorragia traumática (após contusão). Na prevenção de eventos tromboembólicos venosos em pacientes submetidos à cirurgia ortopédica de grande porte: Reação comum: função hepática anormal (alteração de exames laboratoriais do fígado). Reações incomuns: anemia, hipersensibilidade (alergia), hematoma, hemorragias (sangramentos) nasal (epistaxe), gastrintestinal (digestivo), cutânea (na pele), urogenital (urinário ou dos genitais), traumática (após contusão), em ferimentos e após procedimento médico; hematuria (presença de hemácias na urina); hematoma (acúmulo de sangue) após procedimento médico; hemartrose (sangue nas articulações ou juntas), diarreia, náusea (enjoo), vômitos, saída de secreção de ferida após procedimento. Reações raras: trombocitopenia (redução do número de plaquetas), prurido (coceira), rash (erupções e vermelhidão na pele), urticária (coceira e vermelhidão); angioedema (inchaço ou edema de pele e mucosa); hemorragia intracraniana (dentro da cabeça), hemorragias, hemoptise (escarro com sangue), dor abdominal (na barriga), dispepsia (indigestão), disfagia (dificuldade para engolir), úlcera gastrointestinal e esofágica, gastroesofagite (inflamação do estômago e/ou do esôfago), doença do refluxo gastroesofágico (subida de conteúdo do estômago para o esôfago), hemorragia no local da injeção/cateter/incisão, anemia pós-operatória; secreção sanguinolenta, drenagem de ferida e após procedimento. Reações com frequência desconhecida para todas as indicações de uso (não foi possível calcular a frequência com base nos dados disponíveis): broncoespasmo (falta de ar) e reação anafilática (reação alérgica grave). Atenção: este produto é um medicamento novo e, embora as pesquisas tenham indicado eficácia e segurança aceitáveis, mesmo que indicado e utilizado corretamente, podem ocorrer eventos adversos imprevisíveis ou desconhecidos. Nesse caso, informe seu médico ou cirurgião-dentista. 9. O QUE FAZER SE ALGUÉM USAR UMA QUANTIDADE MAIOR DO QUE A INDICADA DESTE MEDICAMENTO? Doses excessivas de PRADAXA podem aumentar o risco de sangramento. Você deve procurar auxílio médico imediatamente. Se você tiver algum sangramento ou ingerir uma dose acima da recomendada, deverá informar ao médico, que poderá descontinuar o medicamento, investigar as causas e adotar as medidas clínicas necessárias. Em caso de uso de grande quantidade deste medicamento, procure rapidamente socorro médico e leve a embalagem ou bula do medicamento, se possível. Ligue para 0800 722 6001, se você precisar de mais orientações. MS 1.0367.0160 Farm. Resp.: Dímitra Apostolopoulou CRF-SP nº 08828 Importado por: Pradaxa _Bula Paciente 4 PRADAXA PACIENTE abcd Boehringer Ingelheim do Brasil Quím. e Farm. Ltda. Rod. Régis Bittencourt, km 286 Itapecerica da Serra SP CNPJ 60.831.658/0021-10 SAC 0800-7016633 Fabricado por: Boehringer Ingelheim Pharma GmbH & Co. KG Ingelheim am Rhein Alemanha

Conservação Pradaxa

Mantenha em temperatura ambiente (entre 15 ºC e 30 ºC) e na embalagem original para proteger da umidade. Número de lote e datas de fabricação e validade: vide embalagem. Não use medicamento com o prazo de validade vencido. Guarde-o em sua embalagem original. As cápsulas de PRADAXA são ovais com uma parte azul claro e outra creme, possui os símbolos BI e R75, ou R110, ou R150 e no interior há grânulos amarelados. Antes de usar, observe o aspecto do medicamento. Caso ele esteja no prazo de validade e você observe alguma mudança no aspecto, consulte o farmacêutico para saber se poderá utilizá-lo. Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.
Recomienda
Você tem dúvidas sobre saúde?

200 / 200

O número mínimo de caracteres para publicar são 15

Lembre-se
  • Seja breve e claro
  • Sua pergunta será anônima.
  • Em caso de urgência entre em contato diretamente com seu médico.