Medicamentos: Bula Pomada minancora

Laboratório: Minâncora & Cia Ltda

O que é Pomada minancora

A POMADA MINANCORA é destinada para tratamento de doenças de pele tais como: espinhas, frieiras (desidroses), escaras e ainda como coadjuvante no tratamento de picadas de insetos, urticárias e pequenos ferimentos superficiais inclusive os ocasionados pelo barbear. Previne os odores desagradáveis das axilas e dos pés e o ressecamento da pele.

Antes de tomar Pomada minancora

Até o momento, não foram relatadas quaisquer interações medicamentosas com a POMADA MINANCORA. Informe ao seu médico ou cirurgião-dentista se você está fazendo uso de algum outro medicamento. Este medicamento é contra-indicado para menores de 2 anos.

Como tomar Pomada minancora

A POMADA MINANCORA é indicada para uso Externo/ Tópico. Aplicar uma fina camada da POMADA MINANCORA, na quantidade suficiente para cobrir a região afetada, sobre a pele limpa e seca, duas vezes ao dia (a cada 12 horas). Não utilizar a POMADA MINANCORA em mucosas e/ou ferimentos abertos, pois poderão ocorrer irritações. Caso o produto entre em contato com os olhos, região mucosa, ferimentos abertos retire o produto delicadamente e procure orientação médica. Duração de tratamento: A POMADA MINANCORA é indicada para tratamento sintomático. Via de administração: A POMADA MINANCORA é indicada para uso Externo/ Tópico. USO TÓPICO / EXTERNO / USO ADULTO NÃO DEVE SER USADO EM CRIANÇAS MENORES DE 2 ANOS DE IDADE A Superdosagem da POMADA MINANCORA, por uso tópico, não é conhecida, portanto utilize a POMADA MINANCORA, conforme indicação, ou seja, duas vezes ao dia. Siga corretamente o modo de usar. Em caso de dúvidas sobre este medicamento, procure orientação do farmacêutico. Não desaparecendo os sintomas, procure orientação de seu médico ou cirurgiãodentista.

Possíveis reações adversas Pomada minancora

A ocorrência de reação adversa com o uso do produto é muito rara (ocorre em menos de 0,01% dos pacientes que utilizam este medicamento): Todas as reações adversas ocorrem na pele e caracterizam-se por dermatite de contato, sendo esta ardência, hiperemia (vermelhidão), prurido (coceira), formação de pápulas (elevação da pele) e vesículas (pequenas bolhas) e exsudato (secreção), podendo evoluir para descamação e crostas. Informe seu médico, cirurgião-dentista ou farmacêutico o aparecimento de reações indesejáveis pelo uso do medicamento. Informe também à empresa através do seu serviço atendimento ao Consumidor (SAC). O QUE FAZER SE ALGUÉM USAR UMA QUANTIDADE MAIOR DO QUE A INDICADA DESTE MEDICAMENTO? O quadro clínico por ingestão acidental ou superdosagem, ainda não é conhecido. Na eventualidade, adotar as medidas habituais de apoio e controle das funções vitais. Em caso de uso de grande quantidade deste medicamento, procure rapidamente socorro médico e leve a embalagem ou bula do medicamento, se possível. Ligue para 0800-7226001, se você precisar de mais orientações. DIZERES LEGAIS MS 1.0690.0003.002-6 Farmacêutico Responsável: Fernanda Ferreira de Lucena CRF/SC10222 Minancora & Cia Ltda. Rua Dona Francisca, 14.795 Joinville SC CNPJ 84.683.382/0003-57 Indústria Brasileira Serviço de Atendimento Ao Consumidor (SAC) 0800 47 76 76. Siga corretamente o modo de usar, não desaparecendo os sintomas, procure orientação médica

Conservação Pomada minancora

A POMADA MINANCORA deve ser conservada em temperatura ambiente (entre 15° e 30°C), local seco e protegido da luz. Número de lote e datas de fabricação e validade: vide embalagem Não use medicamento com prazo de validade vencido. Guarde-o em sua embalagem original. Antes de usar, observe o aspecto do medicamento. Caso ele esteja no prazo de validade e você observe alguma mudança no aspecto, consulte o farmacêutico para saber se poderá utilizá-lo. Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.
Recomienda
Você tem dúvidas sobre saúde?

200 / 200

O número mínimo de caracteres para publicar são 15

Lembre-se
  • Seja breve e claro
  • Sua pergunta será anônima.
  • Em caso de urgência entre em contato diretamente com seu médico.