Medicamentos: Bula Privina

Laboratório: Novartis Biociencias S.A

O que é Privina

PRIVINA contém a substância ativa nitrato de nafazolina, que pertence a um grupo de medicamentos chamados simpatomiméticos, que ajudam a contrair os vasos sanguíneos inchados. PRIVINA é utilizado para o alívio temporário da sensação de nariz entupido, que ocorre em resfriados, rinite alérgica ou outras alergias respiratórias associadas com a inflamação dos seios paranasais.

Antes de tomar Privina

Consulte seu médico ou farmacêutico antes de usar PRIVINA se: você apresenta forte reação a medicamentos intranasais com sinais de insônia, tonturas, tremores, problemas com a velocidade ou ritmo do batimento cardíaco (arritmia cardíaca) ou pressão arterial elevada. você utilizou PRIVINA por 3-5 dias sem alívio dos sintomas, pois o uso prolongado ou excessivo por mais de 3-5 dias pode causar congestão rebote ou entupimento do nariz. você tem pressão arterial elevada (hipertensão), doença cardiovascular, hipertireoidismo, ou níveis elevados de glicose no sangue (diabetes mellitus). Uso em crianças e adolescentes O uso de PRIVINA é contraindicado em crianças com menos de 12 anos de idade, devido ao alto risco de superdose. Não exceda a dose recomendada. Pacientes idosos PRIVINA pode ser utilizado por pacientes idosos, desde que obedecidas as contraindicações, advertências, precauções e interações com outros medicamentos descritas nesta bula. Gravidez e amamentação Caso você esteja grávida ou amamentando, acha que pode estar grávida ou está planejando engravidar, consulte seu médico ou farmacêutico antes de iniciar o uso de PRIVINA. Interações com outros medicamentos Consulte seu médico ou farmacêutico se você está tomando ou tem tomado, ou deverá tomar algum outro medicamento. A administração conjunta de PRIVINA com alguns tipos de antidepressivos (inibidores da monoamino oxidase) podem provocar grave aumento da pressão sanguínea (crise hipertensiva), que pode ser fatal. Efeitos sobre a habilidade de dirigir veículos e/ou operar máquinas PRIVINA possui nenhuma ou irrelevante influência sobre a habilidade de dirigir veículos e/ou operar máquinas Informações importantes sobre alguns dos componentes de PRIVINA PRIVINA contém cloreto de benzalcônio, que é um irritante tópico, o qual pode causa irritação da mucosa nasal. Não use medicamento sem o conhecimento do seu médico. Pode ser perigoso para a sua saúde.

Como tomar Privina

A dose recomendada de PRIVINA é uma gota em cada narina, até 4 vezes por dia ou como o seu médico ou farmacêutico lhe orientou. Caso tenha dúvidas, consulte seu médico ou farmacêutico. A fim de se minimizar o risco de transmissão de infecções, o frasco deve ser utilizado por apenas uma pessoa. Após a utilização, a ponta do tubo aplicador deve ser lavada com água quente. Siga a orientação do seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento. Não interrompa o tratamento sem o conhecimento do seu médico.

Possíveis reações adversas Privina

Como todos os medicamentos, PRIVINA pode causar efeitos adversos, embora nem todas as pessoas irão apresentá-los. Pare de usar PRIVINA e procure assistência médica imediatamente, caso você ou seu filho tenha algum dos seguintes sintomas que podem ser sinais de uma reação alérgica: dificuldade para respirar ou engolir; inchaço da face, lábios, língua ou garganta; coceira intensa na pele, com erupções vermelhas ou protuberâncias. Alguns efeitos adversos são de frequência desconhecida (a frequência não pode ser estimada a partir dos dados disponíveis) Ansiedade, insônia; irritação dos olhos, dor nos olhos; batimento cardíaco acelerado (taquicardia); Sedação ou sonolência, dor de cabeça, sensação de queimação; Congestão nasal de rebote, espirros, sangramento do nariz (epistaxe), nariz entupido (congestão nasal), desconforto nasal, coriza nasal (rinorreia); Náuseas; Pressão arterial elevada (hipertensão). Caso você apresente quaisquer efeitos adversos, consulte seu médico ou farmacêutico. Isso inclui também possíveis efeitos adversos não mencionados nesta bula. Informe ao seu médico, cirurgião-dentista ou farmacêutico o aparecimento de reações indesejáveis pelo uso do medicamento. Informe também à empresa através do seu serviço de atendimento. O QUE FAZER SE ALGUÉM USAR UMA QUANTIDADE MAIOR DO QUE A INDICADA DESTE MEDICAMENTO? Sempre utilize PRIVINA exatamente como o seu médico ou farmacêutico lhe orientou. Em caso de ingestão acidental, informe o seu médico imediatamente. Os sintomas de superdose variam com a idade e podem incluir sedação em crianças, diminuição da frequência respiratória ou respiração anormal, vasoconstrição generalizada e hipertensão. Pare de tomar PRIVINA e consulte o seu médico imediatamente. Caso você tenha dúvidas sobre a utilização deste medicamento, consulte seu médico ou farmacêutico. Em caso de uso de grande quantidade deste medicamento, procure rapidamente socorro médico e leve a embalagem ou bula do medicamento, se possível. Ligue para 0800 722 6001, se você precisar de mais orientações. DIZERES LEGAIS MS 1.0068.0005 Farm. Resp.: Virginia da Silva Giraldi - CRF-SP 15.779 Fabricado por: Novartis Biociências S.A., Taboão da Serra SP Registrado por: Novartis Biociências S.A. Av. Prof Vicente Rao, 90, São Paulo SP CNPJ 56.994.502/0001-30 - Indústria Brasileira

Conservação Privina

O produto deve ser mantido à temperatura ambiente (entre 15 e 30ºC). O prazo de validade está impresso no cartucho. Não utilizar o produto após a data de validade. Após aberto o frasco pela primeira vez, o conteúdo deverá ser usado em até um mês. Aspectos físico e organoléptico: PRIVINA é uma solução de aspecto límpido, incolor e praticamente inodora. Número de lote e datas de fabricação e validade: vide embalagem. Não use medicamento com o prazo de validade vencido. Guarde-o em sua embalagem original. Antes de usar, observe o aspecto do medicamento. Caso ele esteja no prazo de validade e você observe alguma mudança no aspecto, consulte o farmacêutico para saber se poderá utilizá-lo. Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.
Recomienda
Você tem dúvidas sobre saúde?

200 / 200

O número mínimo de caracteres para publicar são 15

Lembre-se
  • Seja breve e claro
  • Sua pergunta será anônima.
  • Em caso de urgência entre em contato diretamente com seu médico.