Medicamentos: Bula Epivir

Laboratório: Glaxosmithkline Brasil Ltda

O que é Epivir

Epivir, em associação com outros agentes antirretrovirais, é indicado para o tratamento da infecção pelo vírus da imunodeficiência humana (HIV) em adultos e crianças.

Antes de tomar Epivir

Epivir não é recomendado para ser usado como único medicamento no tratamento contra o HIV. O tratamento com Epivir não demonstrou reduzir o risco de transmissão do HIV por contato sexual ou transfusão de sangue. Você deve continuar a tomar as devidas precauções para prevenir a transmissão do vírus. 8 Epivir® comprimidos Modelo de texto de bula Paciente Você precisa tomar Epivir todos os dias. Este medicamento ajuda a controlar sua condição e retarda o avanço da doença, mas não cura a infecção por HIV. Você pode continuar a desenvolver infecções e outros males associados à doença pelo HIV. Não deixe de visitar seu médico regularmente. Discuta o uso de Epivir com seu médico, caso você tenha problemas nos rins. A dose-padrão de Epivir poderá ser reduzida. Inflamação do pâncreas (pancreatite) tem sido observada em alguns pacientes que tomam Epivir. Entretanto, ainda não está claro se isso se deve ao tratamento com o medicamento ou à doença provocada pelo HIV. Os sintomas são dores abdominais, náuseas e vômitos. Se você desenvolver esses sintomas, avise seu médico. A classe de medicamentos à qual pertence Epivir, os ITRNs, pode causar uma condição chamada acidose láctica (excesso de ácido láctico no sangue), junto com o aumento do fígado. Esse efeito colateral raro, porém sério, ocasionalmente tem provocado morte. A acidose láctica ocorre com mais frequência em mulheres. Seu médico irá monitorar regularmente esse efeito enquanto você estiver usando Epivir. Redistribuição, ganho ou perda de gordura do corpo podem ocorrer em pacientes recebendo combinação de medicamentos antirretrovirais. Consulte seu médico caso perceba mudanças na sua gordura corporal. Dentro das primeiras semanas de tratamento com medicamentos antirretrovirais, alguns portadores de HIV desenvolvem reações inflamatórias que podem assemelhar-se a infecções e causar problemas graves. Acredita-se que essas reações sejam causadas pela recuperação parcial da capacidade de o organismo combater infecções, anteriormente reprimida pelo HIV. Essa condição é conhecida como Síndrome de Reconstituição Imune. Se você ficar preocupado com qualquer novo sintoma ou alteração na sua saúde após o início do tratamento contra o HIV, por favor, converse com seu médico. Se você tem hepatite B crônica, não interrompa o tratamento sem orientação do seu médico, pois poderá haver recorrência (retorno) de sua hepatite. Essa recorrência poderá ser mais grave se você tiver uma doença séria no fígado. Crianças com menos de 3 meses de idade Não há doses específicas recomendadas. Idosos É aconselhável que se tenha cuidado especial devido a várias alterações associadas a essa faixa etária, como diminuição da função dos rins e alteração dos parâmetros do sangue. Efeitos sobre a capacidade de dirigir veículos e operar máquinas Não foi realizado nenhum estudo para investigar o efeito da lamivudina sobre essas atividades. Devem ser levados em conta as condições clínicas do paciente e o perfil de efeitos adversos deste medicamento, quando se pretende estabelecer a capacidade de o paciente tratado com Epivir dirigir veículos ou operar máquinas. Gravidez e lactação Dados de estudos em humanos não mostraram um aumento do risco das principais deficiências congênitas para o feto durante o uso de lamivudina, substância ativa de Epivir. No entanto, não existem estudos adequados e bem controlados em mulheres grávidas e a segurança do uso do Epivir durante a gravidez não foi estabelecida. Se você está grávida, planejando ficar grávida logo ou está amamentando, por favor, informe seu médico antes de usar este medicamento. De forma geral, em crianças cujas mães usaram ITRNs durante a gravidez, é provável que o benefício da redução das chances de transmitir o HIV seja maior do que o risco de o feto sofrer efeitos colaterais. 9 Epivir® comprimidos Modelo de texto de bula Paciente É importante pesar cuidadosamente o benefício de se usar Epivir durante a gravidez, contra a possibilidade de efeitos adversos na criança antes ou depois do nascimento. Seu médico irá discutir esses riscos com você. É recomendado que, quando possível, mulheres infectadas com HIV não amamentem seus filhos, para evitar a transmissão do HIV. Em situações em que o uso de fórmulas infantis não é viável e o aleitamento materno durante o tratamento antirretroviral for considerado, seu médico deverá seguir os guias locais para amamentação e tratamento. As substâncias ativas de Epivir são encontradas no leite materno. Portanto, mulheres que estejam usando Epivir não devem amamentar. Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista. Interações medicamentosas É importante avisar seu médico sobre qualquer outro medicamento que você usa. Por isso, se você toma ou tomou recentemente algum outro medicamento, informe isso a seu médico. Fale inclusive sobre os que você usa sem prescrição médica. Outros medicamentos podem afetar a ação de Epivir, assim como Epivir pode afetar a ação de outros medicamentos. Epivir não deve ser administrado junto com zalcitabina e entricitabina. Alguns medicamentos podem afetar a ação de Epivir ou tornar mais provável a ocorrência de efeitos secundários, como sulfametoxazol-trimetoprima (também conhecido como cotrimoxazol, um antibiótico utilizado no tratamento de alguns tipos de pneumonia ou toxoplasmose). Informe seu médico ou cirurgião-dentista se você está fazendo uso de algum outro medicamento. Não use medicamento sem o conhecimento do seu médico. Pode ser perigoso para a sua saúde.

Como tomar Epivir

Modo de uso Uso oral. Use sempre Epivir exatamente como seu médico lhe receitou. Engula o comprimido com água ou outro líquido. Os comprimidos podem ser ingeridos com ou sem comida. Se você é incapaz de engolir comprimidos, pode amassar e misturar o comprimido de Epivir a uma pequena quantidade de bebida ou comida semissólida (pastosa), ingerindo a mistura imediatamente. 10 Epivir® comprimidos Modelo de texto de bula Paciente Posologia Adultos e adolescentes com peso de pelo menos 30 kg A dose recomendada de Epivir é de 300 mg ao dia, administrando-se 150 mg (1 comprimido) duas vezes ao dia, a cada 12 horas, ou dois comprimidos uma vez ao dia. Crianças com mais de 3 meses e peso inferior a 30 kg Crianças com peso entre 21 e 30 kg: A dose recomendada de Epivir é metade de um comprimido ranhurado (com uma marca no meio do comprimido) pela manhã e um comprimido inteiro à noite. Crianças com peso entre 14 e 21 kg: A dose oral recomendada de Epivir é metade de um comprimido ranhurado duas vezes ao dia. Crianças com menos de 14 kg: Epivir® comprimidos não é indicado para uso em crianças com menos de 14 kg. Nesses casos, é indicado o uso de Epivir® solução oral, e a dose recomendada é de 4 mg/kg, duas vezes ao dia, até um máximo de 300 mg/dia. Crianças com menos de 3 meses de idade Os dados são insuficientes para se recomendar doses específicas. Epivir® solução oral também é indicado para pacientes que não consigam engolir comprimidos. Pacientes com insuficiência renal Se você tem problemas nos rins, sua dose pode ser reduzida. Por favor, siga as instruções fornecidas pelo seu médico. Pacientes com insuficiência hepática Não é necessário ajustar a dose em pacientes portadores de disfunção do fígado moderada ou grave, exceto se for acompanhada de insuficiência renal. Idosos É aconselhável que se tenha cuidado especial devido a várias alterações associadas a essa faixa etária, como diminuição da função dos rins e alteração dos parâmetros do sangue. O uso incorreto causa resistência do vírus e falha no tratamento. O tratamento com Epivir® não previne o risco de transmissão do vírus HIV pelo contato sexual ou por contaminação sanguínea. As precauções apropriadas devem continuar sendo tomadas. Siga a orientação do seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento. Não interrompa o tratamento sem o conhecimento do seu médico. Este medicamento não deve ser mastigado.

Possíveis reações adversas Epivir

Como todo medicamento, Epivir® pode causar efeitos colaterais. Durante o tratamento da infecção por HIV, nem sempre é possível determinar se algumas reações indesejáveis são causadas por Epivir®, por outros medicamentos que você usa ao mesmo tempo ou pela doença provocada pelo HIV. Por isso, é muito 11 Epivir® comprimidos Modelo de texto de bula Paciente importante que você mantenha seu médico informado sobre qualquer mudança na sua saúde. Não se alarme com esta lista de efeitos colaterais; você pode não desenvolvê-los. As reações adversas estão listadas abaixo de acordo com a frequência. Reações comuns (ocorrem entre 1% e 10% dos pacientes que utilizam este medicamento): Hiperlactemia (acúmulo lactato no sangue). Dor de cabeça; Náuseas, vômitos, dor estomacal, diarreia (a inflamação do pâncreas pode ser a causa desses sintomas); Erupções na pele (manchas vermelhas e placas pelo corpo, coceira); Queda de cabelo; Dores nas juntas; Distúrbios musculares; Cansaço, febre, sensação generalizada de mal-estar. Reações incomuns (ocorrem entre 0,1% e 1% dos pacientes que utilizam este medicamento): Anemia (redução do número de glóbulos vermelhos no sangue), neutropenia (redução do número de glóbulos brancos no sangue) e redução das plaquetas (componentes do sangue responsáveis pela coagulação). Se a produção de seus glóbulos vermelhos diminuir, você pode sentir sintomas como cansaço e dificuldade para respirar. A redução dos glóbulos brancos no sangue pode deixá-lo mais propenso a infecções. Se sua contagem de plaquetas estiver baixa, você pode apresentar hematomas (manchas roxas) mais facilmente. Aumento em certas enzimas do fígado. Reações raras (ocorrem entre 0,01% e 0,1% dos pacientes que utilizam este medicamento): Acidose láctica (sangue ácido por acúmulo de ácido lático); Inflamação do pâncreas; Ruptura/lesão do tecido muscular. Reações muito raras (ocorrem em menos de 0,01% dos pacientes que utilizam este medicamento): Anemia acentuada (diminuição acentuada das células vermelhas do sangue); Dormência, sensação de formigamento ou sensação de fraqueza nas pernas. Podem ocorrer mudanças na distribuição da gordura corporal, bem como elevação na concentração de gorduras e de açúcar no sangue. As mudanças na gordura corporal podem incluir perda de gordura nas pernas, braços e face, aumento da gordura na cintura e órgãos internos, aumento das mamas e crescimento da camada de gordura atrás do pescoço. A incidência dessa reação adversa depende de muitos fatores, entre eles a combinação específica das drogas antirretrovirais. Informe seu médico, cirurgião-dentista ou farmacêutico o aparecimento de reações indesejáveis pelo uso do medicamento. Informe também a empresa através do Sistema de Atendimento ao Consumidor (SAC) pelo telefone 0800 701 22 33. 9. O QUE FAZER SE ALGUÉM USAR UMA QUANTIDADE MAIOR DO QUE A INDICADA DESTE MEDICAMENTO? A ingestão acidental de grande quantidade de Epivir® dificilmente lhe causará problemas graves. Entretanto, você deve consultar seu médico ou farmacêutico o mais rápido possível, ou procurar a emergência do hospital mais próximo para aconselhamento. Em caso de uso de grande quantidade deste medicamento, procure rapidamente socorro médico e leve a embalagem ou bula do medicamento, se possível. Ligue para 0800 722 6001 se você precisar de mais orientações. III DIZERES LEGAIS 12 Epivir® comprimidos Modelo de texto de bula Paciente MS: 1.0107.0236 Farm. Resp.: Edinilson da Silva Oliveira CRF-RJ Nº 18875 Fabricado por: Glaxo Operations UK Limited Priory Street, Ware, Hertfordshire, SG12 0DJ, Inglaterra Embalado por: Glaxo Operations UK Limited Priory Street, Ware, Hertfordshire, SG12 0DJ, England Ou GlaxoSmithKline Pharmaceuticals S.A. 189 Grunwaldza Street, 60-322, Poznan Polônia Ou GlaxoSmithKline Brasil Ltda. Estrada dos Bandeirantes, 8464 Rio de Janeiro RJ CNPJ: 33.247.743/0001-10 Registrado e Importado por: GlaxoSmithKline Brasil Ltda. Estrada dos Bandeirantes, 8464 Rio de Janeiro RJ CNPJ: 33.247.743/0001-10 Indústria Brasileira

Conservação Epivir

Cuidados de armazenamento Os comprimidos de Epivir devem ser armazenados em sua embalagem original e em temperatura entre 15°C e 30ºC. Número de lote e datas de fabricação e validade: vide embalagem. Não use medicamento com o prazo de validade vencido. Guarde-o na embalagem original. Aspectos físicos Comprimido branco, em forma de losango, gravado em um dos lados. Antes de usar, observe o aspecto do medicamento. Caso ele esteja no prazo de validade e você observe alguma mudança no aspecto, consulte o médico ou o farmacêutico para saber se poderá utilizá-lo. Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.
Recomienda
Você tem dúvidas sobre saúde?

200 / 200

O número mínimo de caracteres para publicar são 15

Lembre-se
  • Seja breve e claro
  • Sua pergunta será anônima.
  • Em caso de urgência entre em contato diretamente com seu médico.